A revolução do trabalho remoto: o home office veio para ficar?

A era digital veio para ficar.

 

trabalho-remoto
Trabalho Remoto

O que era a princípio um modo de sobrevivência para o trabalhador informal, tornou-se economia de recursos, de espaço e do tempo gasto com o deslocamento nas empresas.

Com a pandemia do coronavírus o teletrabalho tornou-se uma ferramenta essencial, tanto para as empresas quanto para os trabalhadores.

Dou aula de inglês on-line há muito tempo, mas hoje uso novas ferramentas disponibilizadas mesmo antes desse momento crítico.

 

aula-ingles-online
Nunca pare de aprender

Por exemplo o zoom que é gratuito – para uma hora de aula, pelo menos. É possível compartilhar a tela – os exercícios, leituras e corrigir em tempo real.

Sou uma , como você pode ver.

Tecnologia é a essência do trabalho remoto, como mencionei nesse post , os nômades digitais são o presente – já era o clichê “serão o futuro”.

Dominar as novas plataformas e aprender a vender on-line é a nova onda. Marketing digital está na boca e na mesa dos empreendedores.

A Jellyfish – uma empresa britânica comentou que o trabalho remoto foi um sucesso, são 250 funcionários na empresa, que apesar de estar fechada – por conta da pandemia, continua trabalhando com os projetos remotamente.

O artigo completo do The Guardian você pode ver aqui.

Duas coisas chamaram atenção da empresa: a comunicação melhorou – as reuniões pessoais duravam mais que o previsto- e, não houve redução na produtividade.

 

teletrabalho-revolução
Teletrabalho x produtividade

Creio que uma das preocupações das empresas é a produtividade.

Posso dizer por experiencia própria que ela aumenta, na verdade.

Antes de trabalhar com viagens e aulas on-line – como tenho feito desde que pedi exoneração do Tribunal em dezembro de 2019 –se você ainda não viu, fiquei 2 meses trabalhando remotamente.

O rendimento foi 10 vezes maior, eu era mais eficiente e perdia a hora porque o nível de concentração era muito maior.

Em termos de produtividade: produzi pelo menos 30% a mais.

Um dos problemas, mencionados nos artigos, é desligar-se do trabalho.

Estabeleci um local de trabalho – que agora fica na varanda, uma mesa e uma cadeira, com bastante luz. Quando eu termino, saio de lá, faço um café, enfim: mudo de ambiente.

 

trabalho-remoto-produtividade
Home Office

Claro, não é para todo mundo, como menciona o C.E.O da WPP, Mark Read: quem compartilha a casa com outras pessoas, ou tem uma família grande, por exemplo, quer voltar ao escritório.

A falta de um espaço físico e tranquilo para que você se concentre, é um fator desmotivador, para dizer o mínimo.

Ainda assim 76% dos trabalhadores ficariam na empresa que estão se pudessem flexibilizar seu horário de trabalho e/ou trabalhar remotamente, de acordo com esse artigo.

Embora, como já foi mencionado: não é para todo mundo.

 

isolamento-trabalho-remoto
Trabalho remoto : isolamento?

Um dos maiores problemas é o isolamento.

Você pode se sentir sozinho ou ainda mais sozinho – no caso da pandemia (que estamos em casa).

Uma solução foi a criação dos espaços de co-working você vai trabalhar num local físico (estão fechados agora) com outras pessoas que também estão fazendo o mesmo.

Não me apetece, pois prefiro silêncio. Mas certamente aplaca a solidão!

Você acha que houve uma revolução no modo de trabalhar? Como tem sido para você nessa época de pandemia? Está trabalhando em casa? Rendeu mais ou menos?

Deixe seu comentário aí embaixo!

Para mais informações sobre nossas aulas e cursos clique aqui. Mande um e-mail ou deixe um comentário que respondemos rapidamente.

Boa jornada!

2 comentários sobre “A revolução do trabalho remoto: o home office veio para ficar?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s