Os 9 erros cometidos na primeira viagem sozinha e como evitá-los

Viajar sozinha é extremamente libertador. Mais que isso: te dá uma automia em diversas áreas da sua vida que você nunca poderia imaginar.

Listei aqui alguns motivos que podem te animar para realizar a próxima aventura em voo solo.

 

9 erros cometidos
Mulheres que viajam sozinhas

Viajei sozinha durante muito tempo e senti falta de um apoio. Alguém que pudesse me guiar, mas ao mesmo tempo não tirasse minha independência.

Depois de 12 anos percorrendo o mundo, decidi sair do meu emprego público e comecei a ensinar mulheres a ganhar essa autonomia.

Se você ainda não sabe há o serviço de concierge no qual eu ensino as técnicas, preparo a viagem e acompanho todo o percurso da mulher que viaja sozinha.

Para a mulher que nunca viajou sozinha é o ideal.

 

9 erros cometidos viajando sozinha
Fique em Hostel

É maravilhoso percorrer o mundo sozinha, mas é muito melhor com uma orientação, pelo menos a primeira vez.

Minha primeira viagem foi para o Leste Europeu: 5 dias em Praga e 5 em Budapeste.

As viagens têm desafios inimagináveis e ninguém fala sobre isso. Os erros que cometi me transformaram em uma viajante profissional, mas eu os cometi enquanto vivenciava os perrengues em voo solo.

Veja os 9 erros que eu cometi e como evitá-los:

1. Contratei uma agência de viagem: quando fui para Praga paguei uma agência que reservou a passagem aérea.

Os custos foram enormes. Poderia ter economizado muito se tivesse procurado a passagem aérea nos sites e com as dicas de viajantes profissionais e comprasse a mais barata.

2. Hospedei-me em hotel: deveria ter ficado em hostel já que estava sozinha e um dos maiores desafios é realizar passeios quando você não tem companhia nem sabe por onde começar.

 

Escolha a época adequada

3. A escolha da época não foi a ideal: escolhi novembro e não estava preparada para o frio do leste europeu. Nem com roupas adequadas tampouco com a mala – que era muito pesada.

temperatura em Praga pode ser cruel em novembro.

Deixar de comprar roupas apropriadas com antecedência e checar a temperatura são dois erros que você comete quando você nunca viajou sozinha.

4. A maioria dos passeios gratuitos estava cancelada em função da temperatura: a consequência é que não fiz muitos passeios.

O que fiz tive que contratar uma agência local para me locomover no país, gastando bem mais do que devia.

Veja nesse post algumas opções para fazer passeios gratuitos ou em conta. Espero que após pandemia essas empresas tenham sobrevivido.

 

9-erros-cometidos-viajando-sozinha
Baixe pelo menos um aplicativo

5. Não baixei aplicativo e fiquei dependente de mapas de papel.

Se tivesse baixado pelo menos um aplicativo teria o mapa da cidade bem como o do transporte público no celular.

Facilitaria muito a locomoção no local.

6. Deixei de fazer o roteiro básico: achei que porque o local era pequeno não precisaria de um roteiro. O roteiro serve de guia e consta nele plano A e plano B.

Se estiver chovendo você tem a escapatória de um museu ali, com os preços e horário de abertura, por exemplo.

7. Gastei muito em bate e volta: como não me preparei com antecedência não sabia que poderia pegar trens e ônibus para fazer bate e volta.

Acabei pagando muito guias locais ao invés de fazer por conta própria.

Quando eu escrevi o O Guia Essencial para Viajar por Conta Própria foi uma das coisas que frisei no livro.

Detonar o cofrinho de viagem nunca é uma boa ideia.

 

9-erros-cometidos-viajando-sozinha
Faça bate e volta por conta própria

8. Não comprei bilhetes antecipadamente para as maiores atrações: se soubesse que a maioria estaria fechada – por conta da época mal escolhida, teria trocado o destino ou reservado as mais importantes.

Como havia muita gente na cidade (a despeito do frio) as grandes atrações estavam lotadas e deixei de conhecer alguns dos principais pontos turísticos.

9. O tempo de permanência foi muito grande: Praga é muito pequena. Não era necessário ter ficado lá 5 dias.

Se tivesse uma preparação de alguém que de fato conhecesse o local teria economizado tempo e dinheiro.

Por falar em dinheiro, listei aqui 7 dicas infalíveis para alimentar seu cofrinho de viagem.

Poderia ter conhecido outras cidades do interior (fiz apenas um bate e volta) ou mesmo ido mais cedo para Budapeste- que é maior e merece mais tempo.

Fazer uma viagem com alguém que conhece o destino é completamente diferente de uma pessoa que não está preparada nem para fazer o seu roteiro já que nunca esteve lá.

Conhecimento é a maior comodity como alguém já disse.

 

9-erros-cometidos-viajando-sozinha
Prepare um roteiro

Você vai economizar não apenas dinheiro, mas tempo.

Conhecerá outros locais se souber aproveitar a logística e preparar sua viagem com quem tem experiência de campo e não apenas copia e cola roteiros prontos.

A viagem tem que ser a sua cara e do seu jeito.

Você aproveitará muito mais com um serviço customizado do que com um genérico.

Dinheiro não leva desaforo, não é? E só você sabe o quanto custa economizar para realizar um sonho.

Planeje sua próxima viagem. Depois da pandemia o mundo estará lá te aguardando!

Boa jornada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s