O que mudará no turismo? 7 tendências de viagens pós pandemia

Vários sites de viagem começaram a fazer pesquisas para entender como o viajante vai se portar na vida após pandemia.

Tenho recebido inúmeras pesquisas de opinião para saber como será o novo mundo da indústria do turismo.

Os sites que eu assino a newsletter, bem como pessoas aleatórias me perguntam o que acho que vai acontecer.

 

rock-731140_1920
Mulheres que Viajam Sozinhas

Como comecei a trabalhar com viagens (no final de 2019 pedi exoneração do emprego na iniciativa pública) algumas colegas de profissão também me perguntam acerca do futuro do turismo.

Ensino inglês on-line (se você ainda não sabe), produzo conteúdo digital e faço palestras para mulheres que viajam sozinhas.

Com a pandemia a indústria do turismo teve a maior queda da história – no mundo, e quem só trabalha com isso está preocupado e com razão.

As pessoas continuarão a viajar, isso não vai parar de acontecer por conta da pandemia, porém de modo diverso.

As viagens terão outra cara e com certeza a frequência diminuirá.

Quem viaja 2 vezes por ano optará por uma apenas.

Confira abaixo as 7 tendências para o futuro da indústria do turismo na mundo após a pandemia.

1. As agências de turismo sobreviverão? A pergunta que não quer calar. Alguns dizem que os grupos serão reduzidos. A viagem solo que já estava crescendo, vai bombar. As mulheres viajarão mais e mais sozinhas.

Viagens em grupo, além do inconveniente de cada pessoa ter diferentes interesses, vão diminuir por conta da quantidade de pessoas envolvidas. A tendência é procurar viagens com grupos reduzidos ou para sua família.

As agências terão que se adaptar aos desejos do cliente de não estar cercado por 50 pessoas que ele nunca viu.

2. Férias para cuidar da saúde e manter o bem estar estarão em voga. Aqueles destinos com retiros de yoga, ainda que seja apenas por dois dias ou uma semana, serão os mais procurados.

Creio que o isolamento proporcionou uma noção de como nosso estilo de vida influencia o nosso emocional.

O modo como lidamos com as crises e as doenças que aparecem do nada (como a pandemia) mostra que devemos tratar o nosso corpo melhor do contrário nossa mente também sofrerá as consequências de um estilo de vida negligente.

Por isso o bem estar vai continuar como uma tendência em 2021.

 

beach-1853902_1920
Cuidar da saúde

3. Os nômades digitais (farei um post sobre isso) estarão mais e mais ativos, então as férias para destinos que ofereçam locais com infraestrutura (wi-fi decente, por exemplo) serão bem vindas.

Muitas pessoas viajarão a trabalho buscando destinos para relocar, mudar de cidade. Nesse post há os melhores locais na Ásia (é mais barato para viver) para os nômades digitais.

Para as pessoas que já trabalham remotamente, ou que aproveitaram esse período para aprender as tecnologias que ajudam sobremaneira nossa vida, será a oportunidade ideal.

Trabalho remotamente hoje, e estou aprendendo a usar plataformas que não conhecia para facilitar minha vida.

Provavelmente buscar um destino para avaliar as condições de morada seja minha próxima decisão.

4. Turismo sustentável: destinos como lugares de reabilitação dos animais ou de resgate já estavam fazendo sucesso agora isso pode ser mais explorado. O antigo eco turismo vai estar no topo da lista.

Cada vez mais ganhamos a certeza de que o planeta sofre com as nossas atitudes, as diárias inclusive. A viagem se adaptará a nova realidade e os destinos também.

Turismo para fazendas e comunidades autossustentáveis, por exemplo. Viajar e aprender a plantar, a cuidar de uma horta, a colher frutas e frutos, a tirar leite da vaca.

O contato com a natureza e a volta ao “primitivo” pode ser uma excelente maneira de planejar um futuro.

 

yoga-2176668_1920
Viagens espirituais

5. Microcations: junção de micro e vacation. A palavra criada para definir pequenas férias – de 5 dias ou menos. A folga que proporciona um respiro do dia a dia. Viagens para locais próximos, mais em conta e menos concorridos.

Haverá sempre Paris e Londres, mas a maioria dos viajantes optarão por lugares mais perto de sua cidade e menos badalados. Menos turistas e menos aglomerações.

Evitar o jet lag, os longos voos atravessando o oceano e os inconvenientes dos novos protocolos (se você ainda não viu ) optar por uma microcation será uma boa alternativa.

6. Stacation: junção de stay e vacation. Outra palavra criada para designar as férias que você passa no seu próprio país, sem viajar para fora. Ou ainda na sua própria cidade ou estado.

Talvez seja hora do turismo no Brasil se adaptar e oferecer destinos mais em conta.

Pode ser uma ótima ideia passar 5 dias na chapada diamantina, por exemplo. Ou em Porto de Galinhas, se os hotéis oferecerem preços mais acessíveis e as companhias aéreas acompanharem a tendência do mercado.

O turismo no Brasil tem preços proibitivos, especialmente para a viajante solo, mas isso pode mudar e os viajantes podem decidir tirar uma stacation.

 

fashion-985556_1920
Turismo Sustentável

7. Viagem espiritual ou para autoconhecimento: muito parecida com aquela para cuidar do bem estar, mas nesse caso espiritual.

Viajar em busca de si mesmo, como as populares caminho de Santiago e a Índia para visitar um ashram (retiro espiritual). Isso pode ser a nova tendência do mercado.

Talvez não exatamente a Índia (é muito lotada), mas lugares como Butão e Mongólia. Destinos budistas estarão em alta.

Vejo um mundo novo. Uma adaptação necessária. De todos. Da indústria do turismo aos supermercados, farmácias e empresas em geral.

Ensinar o trabalhador a ser produtivo com o trabalho remoto, estando em casa, mas produzindo melhor, por exemplo. Talvez não mais, mas melhor.

Fazendo exercícios, comendo melhor e cuidando do bem estar. Seu e da sua família.

Eu trabalho mais – remotamente. E, muito melhor. Já havia começado esse processo em 2019, intensifiquei com a mudança de vida. E, não me arrependo.

As próximas férias serão um bom termômetro para avaliar o nível de mudanças na indústria do turismo. Vamos aguardar 2021.

O que você acha das mudanças que foram apontadas no post? Concorda com elas?

Para conhecer nossos serviços e cursos passe na página Viajar é Fundamental e assine nossa newsletter.

Boa jornada!

3 comentários sobre “O que mudará no turismo? 7 tendências de viagens pós pandemia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s