Portugal Parte I: Algarve

O Algarve fica no sul de Portugal, bem lá embaixo, banhado pelas águas do Atlântico (dá para vir nadando, será?) e conta com mais de 100 praias. As cidades mais conhecidas são Faro (onde fica o aeroporto), Lagos, Portimão, Carvoeiro (onde quebramos o ano de 2018 para 2019), Silves, Lagoa e muitas outras. Segue um mapa para você se localizar:

 

IMG_5535

É o destino de férias preferido de ingleses e alemães. Eles alugam casas enormes (chamadas de vivendas por lá) e vão com sua família. Alguns já compraram casas por lá e apenas se mudam no verão. Sendo assim Julho e Agosto o Algarve está entupido de gringos, já que as crianças estão de férias lá vão eles aproveitar o sol e a segurança do balneário charmoso e caro de Portugal.

 

Nunca fui no verão justamente pela quantidade de gente, moro em São Paulo, não é? Sempre aproveitei a quietude do inverno nas praias esculpidas a perfeição com suas falésias. Uma verdadeira obra de arte – da natureza. Rochedos que parecem surgir das profundezas do mar iluminam o azul das águas. As gaivotas sempre companheiras sobrevoando e se alimentando nas águas ricas do lado de lá do Atlântico. Ricas em frutos do mar também: polvo e lula de todos os tamanhos e outros frutos que não conhecemos por cá. 

 

A questão é: como chegar lá? Você pode ir direto para Faro (aeroporto) ou pode ir para Lisboa – que foi o que eu fiz- e pegar um ônibus (auto carro) no terminal rodoviário de Sete Rios. No post de Lisboa eu explicarei como ir de metrô do aeroporto até lá, ok?. Se chegar a Faro, pode alugar um carro. Na verdade deve alugar. É o tipo de destino que não tem transporte público a fim de percorrer as lindas praias, infelizmente. Como tenho família lá eles me levam a todas elas. 

 

Escolha um local para pousar e reserve com antecedência, especialmente se for no verão europeu( de Junho a Setembro). Recomendo um hotel em Lagoa, se for sozinho(a), que fica próximo do centro da cidade: Hotel Lagoa. Se for com outra pessoa ou com família o ideal é ficar aqui: Quinta do rosal. Excelente estrutura com piscina e golfe. São casas para alugar com a infra de um condomínio bem organizado. Estive lá visitando e adorei o local. Os amigos de Sevilha ficaram lá com a família na passagem de ano. 

 

Silves é uma das cidades mais bonitas de lá. Há um castelo (uma fortificação militar de arquitetura árabe no alto da colina) e uma muralha de pedras sobre o rio Arade. Um passeio pelas ruelas medievais vai te deixar encantado:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sem mais delongas segue em slides as praias: Albufeira, Algar seco e Armação de pêra:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ponta da Piedade (o nome da mama) e Praia de Odeceixe:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Porches, Carvoeiro e a Boneca:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se tiver tempo dê uma passada em Sagres – a ponta mais sudoeste de toda a Europa- e visite a Fortaleza de Sagres (a original do Infante D. Henrique datada do século XV) e a linda Rosa dos ventos:

 

IMG_2792

Recomendo ainda o Museu dos Descobrimentos que fica na marina de Lagos, talvez você lembre como eu que “as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá”( Canção do exílio de Gonçalves Dias): 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

O melhor de viajar, você já sabe, são as pessoas que conhecemos ao longo da jornada e não o destino em si. A família portuguesa que me acolhe (sempre) como um dos seus e me recebe tão bem, minha gratidão. Amo vocês.

 

No próximo post falarei sobre Lisboa, Sintra e Cascais. Algarve é destino de beleza indescritível, segurança e tranquilidade. Só vá. 

Assina a newsletter na nossa página: Viajar é fundamental para receber guias de viagem (as capitais da Europa em 2020) e dicas como: evitar o single supplement, como melhorar sua experiência em voos longos, melhores destinos para a mulher que viaja sozinha, como economizar em passagens aéreas e assim por diante.

Passa lá!

 

 

 

11 comentários sobre “Portugal Parte I: Algarve

  1. Filhota querida, infelizmente de Lisboa para sul nada conheço. Norte, todo litoral e grande parte do interior já viajei de carro por Trás-os-Montes e Beiras até Alentejo.
    Todavia, qualquer dia que vá a Lisboa, vou dar um passeio ao sul.
    Beijinhos te amo filhota querida

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s