É no meio do caminho que a mágica acontece

É no meio do caminho que a mágica acontece.

                                                                  Brené Brown: A coragem de ser imperfeito

Quando estava subindo a ladeira. No meio da trilha. No meio do meio.

Com as pernas bambas. Quando os calos te lembram o quanto você andou. O que deixou para trás. Remendou.

Nesse ponto.

mulheres-que-escrevem
No meio da trilha a mágica acontece

Você ainda não sente saudades de casa, mas não se sente em casa ainda.

O lugar in between.

Você não sabe que horas são.

Como quando pega 3 voos. Direção: algum lugar na Ásia. O fuso já te pegou.

No aeroporto não tem janela. Já anoiteceu?

Tô com fome! Não, tô enjoada demais para comer.

Aquele lugar que não é de fato. Só existe no meio do sono.

Estou acordada? Ou tudo isso é um pesadelo? Minhas pernas doem. Maldita poltrona minúscula.

O lugar como o crepúsculo. Nem claro nem acordado. A noite tá se segurando. O dia ainda não foi dormir.

O local das preces. Do joelho no chão. Da despedida.

O aeroporto do mundo.

Democrático. Todo sol se põe.

Nesse exato momento. Que nada parece normal. A mágica acontece. Você não percebe.

 

mulheres-que-escrevem
Quando a mágica acontece

Ali Na zona de turbulência. No embarque e desembarque, entre o trem e o metrô. Na plataforma. A mágica acontece.

Transforma-se em purpurina.

Você sente um formigar. Mas não sabe para que ele serve.

Pequenas gotas de glitter invisíveis saem dos cabelos.

Há um certo arrepio. Como se levasse um choque.

Na verdade, é um pequeno terremoto.

Nesse exato minuto o futuro desenrola. O próximo. Não o distante.

Uma fresta na porta do destino se abre. Você vai escolher uma direção. Uma decisão. Um norte.

Vai mudar de cidade, de trabalho, de vida.

 

mulheres-que-escrevem
O futuro se desenrola

Algo vai acontecer, mas você não sabe onde começou.

Um filme passa. Disfarça. Não. Não pode ser.

O saber começa quando?

O momento passou. Você não conseguiu segurar.

Anotou a placa?

A mudança já está no caminhão. A mochila nas costas e você não sabe quando isso aconteceu.

Foi naquele dia, lembra?

Que a serpentina te cobriu. A máscara caiu. O carnaval acabou.

 

escrita-criativa-mulher
O carnaval acabou

Quando as gotas de glitter saíram voando como flocos de neve.

E você nem viu.

Foi no meio do caminho.

Mônica Barguil

 

Se você ainda não sabe sou escritora e os livros publicados são : Mochilando com as Deusas para quem gosta de mitologia, psicologia e viagens 😉 .

Para quem quer viajar sozinho e preparar sua viagem completa há o Guia essencial para viajar por conta própria. Clica lá!

Somos afiliados da Amazon, assim se você comprar o livro pelo link receberemos uma comissão, entretanto isso não afeta o preço que você paga.

Deixe seu comentário, avalie os livros publicados e boa jornada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s