Belém: minha segunda casa

A capital do estado do Pará localiza-se a 2.468 km de São Paulo em linha reta, mas por estradas chega quase a 3.000 km (2.914 km). Há voos diretos saindo de São Paulo (um específico que sai as 23:00 de GRU e chega na madrugada lá). Tempo de voo: 3h 35min. Sim, é mais longe que Buenos Aires e Montevidéu. Tão ou mais interessante se me permite acrescentar.

 

Dentre os locais para passear há o famoso e lindíssimo Theatro da Paz (escrito com “h” mesmo): Teatro. Fundado em 1878 quando Belém era considerada a “capital da borracha”. Agora em outubro a programação conta com o Festival da ópera e Amazônia jazz band. Vale conferir.

 

O museu que mais gosto chama-se Emílio Goeldi: museu . É um espaço aberto com um parque Zoo botânico, assim é possível ver a famosa vitória-régia (planta aquática em forma circular que pode aguentar até 40 quilos se bem distribuídos) bem como o peixe-boi. Há também exposições temporárias.

O Parque Mangal das Garças é deslumbrante: Parque. Localizado as margens do rio Guamá conta com uma área de 40.000 m². Além do viveiro de pássaros, o Farol de Belém (mirante de 47 m com boa vista da cidade) e o Memorial Amazônico da Navegação (com antigas embarcações) o borboletário, um orquidário e outros “ários” afins. Não esqueça o filtro solar (30 FPS), é um espaço aberto e enorme.

 

Conta com o conhecido mercado: Ver-o-peso. No século XVII os portugueses instalaram um “posto de fiscalização” das mercadorias que eram trazidas para a sede das Capitanias (Belém) naquela região. O objetivo era fiscalizar não somente o produto, mas também o peso, daí o nome que a princípio era “casa de haver o peso”. Você vai encontrar de tudo para comprar, mas não perca as ervas medicinais, as plantas da Amazônia e as raízes. As vendedoras contam muitas histórias e lendas. Diversão garantida.

 

Logo ao lado há a Estação das Docas: espaço maravilha da cidade. Todas as vezes que visito minha segunda casa vou até lá. O melhor sorvete do Brasil (eleito como tal em 2014) pode ser encontrado aqui : Cairú.  Além de exposições, música apresentada em “palcos deslizantes” que são as estruturas metálicas suspensas nos armazéns 1 e 2, barracas com produtos típicos, teatro e dança. Você pode fazer um passeio de barco também. Com ar-condicionado (você vai me agradecer por essa dica).

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O Círio de Nazaré é celebrado no segundo domingo do mês de outubro, sendo portanto uma data móvel. Considerado por muitos paraenses a festa religiosa mais importante do nosso calendário. É um verdadeiro Natal, uma demonstração imensa de fé. Famílias reunidas rezando e comendo em harmonia. Os pratos típicos são o pato no tucupi e a maniçoba dentre outros tantos. Sou uma fã da culinária paraense, entretanto não é para todos os paladares. Experimente, quem sabe passa a amar como eu?

 

Não posso deixar de mencionar mais duas comidas que são o que há : tapioca de coco no seguinte local: Tapioca dos deuses. Há muitos tipos da mencionada iguaria, a minha favorita é a de coco, pois derrete na boca e em alguns lugares é servida na folha de bananeira. Outra iguaria paraense que amo: Tacacá imagens do google: um caldo servido quente feito da goma da mandioca, com camarão e folha de jambu: uma planta medicinal que é uma espécie de anestésico local e provoca um formigamento na língua.

 

Espero que eu tenha feito uma descrição “apropriada” do Tacacá, do contrário serei “massacrada” pelos meus amigos locais. Pedi uma amiga para em recomendar o melhor tacacá: Avenida Nazaré em frente ao colégio Nazaré ( o nosso “rival” já que estudamos no Moderno).

Para jantar recomendo um boteco: Boteco do Bacu: rua Triunvirato, 303 entre Tv. Bom Jardim e rua Monte Alegre. A casquinha de caranguejo e o Pirarucu são fantásticos, acompanha aquela cerveja gelada e a hospitalidade paraense, tudo de bom.

 

Sou muito suspeita, como você pode ver. Amo mesmo a cidade que me acolheu (e muito bem) por oito anos. Tenho grandes amigos que lá habitam e visito a cada dois anos, pelo menos. O povo é muito acolhedor. Vá. Não vai se arrepender. Qualquer ajuda no roteiro deixa seu comentário que eu retorno. Boa viagem.

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s