O Rio como você nunca viu

O Rio de janeiro é para mim como um resort (sem as frescuras). Tem uma espécie de “visto para a leveza”: a praia, o povo sem camisa na rua, a maresia, a quantidade de espaço aberto e verde, liberdade completa e absoluta. Sempre que a vida tá muito pesada aqui em Sampa pego um voo para o Rio. 55 minutos não é nada. Se a grana tá curta vou de ônibus, mas vou.

 

Esse fim de semana de paralimpíadas fui até lá. E vi um Rio seguro (na verdade jamais tive problema algum), limpo, lindo como sempre e mais leve que nunca. Depois que você já subiu o Cristo, já andou de bondinho em Santa Tereza e se deslumbrou com a vista do Pão de Açucar, pode pensar: o que resta para ver como turista? Optei por fazer passeios diversos com as sugestões da minha prima, é claro.

 

E foi assim que subi o morro e visitei uma comunidade pela primeira vez na vida. Só lembrava dos filmes. No Vidigal há um bar chamado bar da laje: http://bardalaje.rio/, fica no topo do morro próximo a uma UPP(Unidade de Polícia Pacificadora). Pegamos um uber e eu achava que o motorista não iria subir, mas me enganei: era uma mulher. Corajosa a criatura. Não só subiu como sentou e tomou um refrigerante conosco (aqui o taxista mal abre a boca).

 

Bem próximo do Leblon há um local (escondido) que foi feito para a comunidade caminho do céu ou pedacinho do céu, não me recordo o nome. Chama-se “Penhasco 2 irmãos”: http://visit.rio/que_fazer/parque-natural-municipal-penhasco-dois-irmaos/. É aquele morro que você tira fotos olhando do Arpoador. Pois bem: há um parque lá em cima, com três paradas para um visual de tirar o fôlego. Entrada gratuita. Só fica aberto para a população em geral até as 17:00, depois é todo da comunidade mencionada.

 

 

Conheci o Boulevar Olímpico http://www.boulevard-olimpico.com/, um passeio pavimentado- localizado no porto do Rio- que conta com diversas atrações, dentre elas a Pira Olímpica em frente a igreja da Candelária; um painel de 2.500 m² assinado por Eduardo Kobra, cujo nome é “etnias” e representa os cinco continentes; food trucks diversos: comi um waffle de nutela em um deles e por fim a casa Brasil – há casas de todos os países espalhadas pelas praias e locais centrais da cidade.

 

Se ainda não foi, vá. Aproveite que ainda não está 40 graus. Boa viagem!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s