São Paulo tem nome de santo, mas é sagrada?

Tem nome de santo, entretanto não parece tão sagrada assim. Mas é. Paróquias, catedrais, centro de umbanda, mesquitas, sinagogas , centro espírita lado a lado. Viva o sincretismo religioso.

Em São Paulo da Garoa. Fonte: arquivo pessoal

Polui, alaga e apressa , mas também levanta, espanta e liberta . Não precisamos escolher entre Paraíso e Liberdade- temos os dois. A liberdade se uniu ao Japão, com razão.

Oferece uma gama de atividades culturais gratuitas , shows , concertos e exposições . Dá e tira . Consola e enerva (povo parado do lado esquerdo na escada do metrô). Estressa e traz paz (Ibirapuera).

Arte urbana , murais e grafites, cursos e palestras gratuitos . Gente que não tem emprego e gente que vai trabalhar de helicóptero. Morador de rua e o povo cujo apartamento em Nova York está em reforma . Os extremos se encontram e se desencontram , qual aeroporto.

E nesse mix de tudo um pouco , habitamos aqui. Às vezes sem gostar, mas sempre amando . Existe sim amor em São Paulo . Parabéns pelos 468.

Sou grata por ter desfrutado de sua companhia por tanto tempo, obrigada por me receber e me dar um lugar para pertencer.

Moça na avenida Paulista. Fonte: unsplash

Minha casa, meu alento e meu desespero algumas vezes . Que venham mais anos e mais destinos na cidade que tem de tudo a toda hora e foi eleita um dos destinos do ano de 2020.

Que possamos colaborar com a comunidade que vivemos (ainda que com pouco) e fazer, não só um lugar melhor, mas uma melhor versão de nós mesmos: paulistanos.

O texto foi escrito em 2020. Se você não sabe eu mudei para Florianópolis e para hoje tenho um novo parabéns :

Ainda ontem lembrei de São Paulo.

Aliás, já faz algum tempo que a saudade escondida vem se revelando aos pouquinhos.

Nos posts das amigas e colegas do insta, nas exposições permanentes que me levam as temporárias e temporadas do meu coração.

São Paulo me formou.

Lá eu compreendi que o cliente é uma celebridade, adequar-se as necessidades e por vezes mandos e desmandos faz parte do serviço de excelência.

De menina que cheguei mulher me transformei: formei e fui formada em caráter.

Reclamei do povo que não para no local certo na escada do metrô, bati em capô de carro que estava em cima da faixa de pedestre, protestei nas filas como boa paulistana, mas me adestrei.

Entendi que cobrar o mesmo valor é ter dignidade. Não importa quem paga nem se é alta temporada. Respeito é bom e conserva os dentes.

De caráter em caráter fui me criando.

São Paulo me firmou.

Assimilei a arte de ficar sobre meus próprios pés . O valor da independência supera em muito qualquer gaiola dourada.

Fiz direitinho a faculdade de direito, concursei , fui concursada e surtada.

Abandonei a profissão.

De advogado só quero mesmo o meu, e olhe lá .

Aquela cidade cinza que tem todo o meu amor me subjugou, arrebatou e me transformou .

Deixei amigos, livrarias, amores, exposições, cinemas e restaurantes.

Trouxe o cachorro e na mala, a saudade.

São Paulo é uma Deusa que ensina, admoesta, avisa. Há sempre uma segunda chance e a chave está a seu alcance se você não perder o trem para Jaçanã – e souber dançar no ritmo 🎵.

Paraíso sim, liberdade também.

Saudade de você São Paulo 💝 Parabéns pelos 468 . Te amo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s